A história da Quiropraxia

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A história da Quiropraxia

A Quiropraxia surgiu nos Estados Unidos em 1895 e foi criada pelo canadense Daniel David Palmer. Os termos derivam dos radicais gregos “Quiro” significa mão e “Praxis” praticar, ou seja, quiropraxia é a prática com as mãos. 

O que é a Quiropraxia?

A quiropraxia baseia-se em técnicas de ajustes quiropráticos. O ajuste é  um procedimento preciso e específico, direcionado à articulações que apresentam alterações biomecânicas específicas. Tem como objetivo restaurar a mobilidade, reduzir a dor e restabelecer a função articular  normal. Outros procedimentos manuais como a mobilização articular, a cinesioterapia, a correção postural e diversas técnicas de liberação miofascial também são importantes para a melhor resposta ao tratamento.

É uma técnica com eficácia comprovada e recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Seu objetivo parte do princípio de reabilitar os movimentos artrocinemáticos, movimentos normais à coluna vertebral, reduzindo a compressão neural responsável por sintomatologias dolorosas

Avaliação do Paciente

O exame físico concentra-se na avaliação dos sistemas locomotor e neurológico periférico. Testes ortopédicos e exame neurológico. A palpação articular identifica a presença de restrição  ou disfunção das articulações, músculos, fáscias, ligamentos e tecidos moles.

As avaliações tanto estática quanto a dinâmica permitem localizar alterações de posicionamento e mobilidade articular denominadas disfunção articular ou complexo de subluxação vertebral. Esses são caracterizados por uma disfunção em um segmento articular em que o alinhamento, integridade de movimento  ou função da articulação estão prejudicados.

Não é necessário ter uma queixa específica para se usar a técnica, nestes casos ela tem o objetivo de manter a mobilidade articular e promover bem-estar.

Estalidos na Manipulação

A manipulação articular é comumente acompanhada por um som de estalido. Esta onda sonora corresponde ao mecanismo de cavitação que ocorre durante a manobra de manipulação. Quando a articulação é submetida à força de tração, a separação das superfícies articulares altera a pressão intra-articular do líquido sinovial. A  queda da pressão intra-articular determina a formação de bolhas de gás carbônico neste espaço. Isto determina a ruptura da força de coaptação entre as superfícies articulares, levando ao tensionamento da cápsula articular que gera a vibração dos tecidos periarticulares, e a consequente emissão de uma onda sonora. 

A técnica é dolorosa? 

A quiropraxia não é dolorosa e alivia a pressão do local tratado. Há diversas raízes nervosas em cada segmento da coluna que correspondem a um órgão ou função do organismo. Quando há um comprometimento em um destes segmentos, ocorre um déficit das sinapses onde ocorre a transmissão dos impulsos nervosos. No ajuste, parte-se do pressuposto que ocorra o realinhamento segmentar, e que esses impulsos cerebrais são restabelecidos e estimulam a liberação do neurotransmissor endorfina, responsável pela sensação imediata de alívio e relaxamento.

Quais os seus principais benefícios?

– Bem-estar

– Alívio de dores

– Melhora do funcionamento sistêmico

– Promove o relaxamento

– Ajuste e alinhamento

 Quais são as principais indicações?

-Cervicalgias

-Lombociatalgias

-Hérnias de disco

-Ciatalgias

 Quais são as contra indicações?

– Fraturas

– Espondilite anquilosante grau avançado

– Câncer nos ossos

– Osteoporose severa

– Calcificação da artéria vertebral

– Tromboses, calcificação da artéria vertebral

 Parceria com Dra Renata Luri e Dra Juliana Satake, UNIFESP, Clínica La Posture

 

Bibliografia:

MOEHLECKE, D; JUNIOR, L. A. F. Effectiveness of Chiropractic adjustment in lumbar pain in crossfit. Coluna/Columna v.16, n.3, São Paulo, 2017.

 SILVAL, R. M. V. S .et al. Efeitos da quiropraxia em pacientes com cervicalgia: revisão sistemática. Rev. dor, v.13, n.1, São Paulo, 2012.

 PEREIRA, M.G, ROIOS, E. PEREIRA, M. Functional disability in patients with low back pain: the mediator role of suffering and beliefs about pain control in patients receiving physical and chiropractic treatment. Brazilian Journal of Physical Therapy, v.21, n. 6, 2017.

 Hurwitz EL, Morgenstern H, Harber P, et al. A randomized trial of chiropractic manipulation and mobilization for patients with neck pain: clinical outcomes from the UCLA neck-pain study. Am J Public Health 2002;92(10):1634-41.

 Bracher, E., Benedicto, C., & Facchinato, A. P. (2013). Quiropraxia. Revista De Medicina, 92(3), 173-182. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v92i3p173-182

Veja Também

Abrir chat
Posso Ajudar ?
Olá :)
Está com alguma dúvida ?