A inervação dos Membros Superiores.

Segundo Ekman (2000), a inervação dos MMSS é feita pelo Plexo Braquial que é formado pelos ramos anteriores dos nervos espinhais cervicais (C5 à C8) e pelo primeiro nervo torácico T1.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A inervação dos Membros Superiores.

Segundo Ekman (2000), a inervação dos MMSS é feita pelo Plexo Braquial que é formado pelos ramos anteriores dos nervos espinhais cervicais (C5 à C8) e pelo primeiro nervo torácico T1. O Plexo Braquial (PB) emerge entre os músculos escalenos (anterior e médio) seguindo lateralmente ao músculo esternocleidomastoideo e passa profundamente a clavícula até chegar a região axilar. Nessa região os axônios do PB formam os nervos radial, axilar, ulnar, mediano e músculo-cutâneo.

Nervo Radial: tem origem nos ramos do 5º ao 8º nervo cervical e 1º nervo torácico. Responsável pela inervação dos músculos tríceps braquial, braquiorradial, extensor radial longo e curto do carpo, supinador e os músculos da região posterior do antebraço.

– Nervo Axilar: Tem origem nos ramos do 5º e 6º nervos cervicais. Responsável pela inervação dos músculos deltoide e redondo menor.

– Nervo Ulnar: Tem origem nos ramos ventrais do 8º nervo cervical e 1º nervo torácico. Responsável pela inervação dos músculos flexor ulnar do carpo, metade ulnar do flexor profundo dos dedos, adutor do polegar, parte profunda do flexor curto do polegar, músculos da região hipotenar e os músculos interósseos.

– Nervo Mediano: O nervo mediano representa um dos ramos terminais do PB, ele provém dos ramos laterais e medial tendo origem nas raízes de C5 à C7 (porção lateral) e C8 à T1 (porção medial). É responsável pela inervação de quase todos os flexores do antebraço e dos músculos pronador redondo e quadrado. Na região palmar inerva também alguns músculos intrínsecos da mão.  

– Nervo Músculo Cutâneo: Este nervo deriva-se dos ramos ventrais do 5º ao 7º nervos cervicais (C5 à C7). Responsável por inervar os músculos braquial anterior, bíceps braquial e coracobraquial.

 

ILUSTRAÇÃO NETTER (2015)

Referências Bibliográficas

Ekman, Laurie Lundy. NEUROCIÊNCIA – FUNDAMENTOS PARA A REABILITAÇÃO. 1ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara-Koogan, 2000.

Melo-Souza, Sebastião Eurico, TRATAMENTO DAS DOENÇAS NEUROLÓGICAS. 1ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara-Koogan, 2000.

Netter, Frank H. NETTER – ATLAS DE ANATOMIA HUMANA. 6ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Impetus, 2015.

Stokes, Maria. NEUROLOGIA PARA FISIOTERAPEUTAS. 1ª Ed. São Paulo: Editora Premier, 2000.

Profa. Elisabete Bozolan, é fisioterapeuta e professora do curso de Anatomia Palpatória da Resportes

Veja Também