Anatomia e Biomecânica do Manguito Rotador e sua importância

A principal função do Manguito Rotador é de estabilizar e proteger a articulação gleno-umeral, ou seja, manter a cabeça do úmero bem encaixada na cavidade glenóide. Devido a sua capacidade de auxiliar nos movimentos rotacionais do ombro, recebe o nome de rotador.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Anatomia e Biomecânica do Manguito Rotador e sua importância

O Manguito Rotador é formado pela junção de quatro músculos que tem a sua origem na escápula e sua inserção no úmero, são eles:

Supraespinhal

Infraespinhal

Redondo Menor

Subescapular

Cada um desses músculos tem sua função e ação específica, porém, eles se complementam agindo em conjunto.

A principal função do Manguito Rotador é de estabilizar e proteger a articulação gleno-umeral, ou seja, manter a cabeça do úmero bem encaixada na cavidade glenóide. Devido a sua capacidade de auxiliar nos movimentos rotacionais do ombro, recebe o nome de rotador.

A flexão do ombro chega a 180º, para isso é preciso um movimento em conjunto de alguns músculos, nesse momento inicial, os quatro componentes do Manguito Rotador entram em ação e posteriormente o músculo deltoide, que é mais potente, é acionado.

Anatomia dos músculos que formam o Manguito Rotador

 

 

SUPRAESPINHAL

Latim – Supraspinatus   Supra = Acima Spina = Espinha (da escápula)

Anatomia: Esse músculo situa-se superiormente a espinha da escápula.

Origem: Fossa Supraespinhal da escápula

Inserção: Tubérculo maior do úmero

Ação: Abdução do braço na articulação do ombro

Inervação: Nervo supre escapular (C5 e C6)

INFRAESPINHAL

Latim – Infraspinatus    Infra = Abaixo Spina = Espinha (da escápula)

Anatomia: O músculo infraespinhal situa-se inferiormente à espinha da escápula, é superficial em sua maior parte.

Origem: Fossa infraespinal da escápula

Inserção: Tubérculo maior do úmero

Inervação: Nervo supraescapular, C5 e C6

SUBESCAPULAR

Latim – Subscapularis   Sub = sob, embaixo Scapula = escapula

Anatomia: O músculo Subescapular é o maior dos quatro músculos que compões o manguito rotador e o único rotador medial. Ele está localizado profundamente por baixo da escápula, próximo a caixa torácica (face costal da escápula).

Origem: Fossa subescapular da escápula

Inserção: tubérculo menor do úmero

Ação: Rotação medial do braço na articulação do ombro

Inervação: Nervos subescapular superior e inferior, C5 a C7

REDONDO MENOR

Latim – Teres Minor   Teres = Redondo Minor = Menor

Anatomia: O músculo redondo menor é um músculo basicamente superficial e possui partes cobertas pelo Mm trapézio e deltoide.

Origem: Margem lateral da escápula

Inserção: Tubérculo maior do úmero

Ação: Rotação lateral, extensão e abdução horizontal do úmero no ombro.

Inervação: Nervo axilar, C5 e C6

 

 

 

Referências Bibliográficas

Cael, Christy. ANATOMIA PALPATORIA E FUNCIONAL. 1ª Ed. São Paulo: Editora Manole, 2013.

Lippert, Lynn S. CINESIOLOGIA CLÍNICA E ANATOMIA. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara-Koogan, 2013.

Dr. Elisabete Bozolan é docente no curso de Anatomia Palpatória do Centro Educacional Resportes.

Veja Também

Fisioterapia

O uso de ventosas em dores na coluna (Parte II)

A lombalgia é considerada um problema de saúde pública que pode afetar qualquer pessoa. Cerca de 80% das pessoas sofrerão ao menos um episódio de