Aplicação do Taping associado à drenagem linfática manual.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Aplicação do Taping associado à drenagem linfática manual

A drenagem linfática manual ganha um novo aliado para manter seus benefícios por mais tempo. Nesta técnica a associação da drenagem linfática ao taping estético beneficia o paciente melhorando o retorno linfático por um tempo prolongado evitando o desconforto dos edemas. 

A drenagem linfática manual atua no sistema linfático por meio de manobras leves e lentas feitas no sentido dos coletores linfáticos, auxiliando na reabsorção de líquidos que estão no meio intersticial causando os terríveis edemas, popularmente conhecidos como inchaços. 

Ao diminuir o edema causado muitas vezes por uma má circulação do sistema linfático, o alívio das pernas cansadas e doloridas pode ser sentido automaticamente. No entanto, se alguns hábitos persistirem, como por exemplo, calças muito apertadas ou tempos excessivos em pé e/ou sentado, estes sintomas podem reaparecer devido a má circulação do sistema surgindo novamente os edemas. 

Para isso, associamos a técnica de taping estético aos tratamentos de drenagem linfática manual perdurando os efeitos da drenagem e seus benefícios enquanto a rotina normal continua.

A técnica de taping foi inventada por Kenzo Kase e consiste na aplicação de uma bandagem elástica, sobre a pele de modo a estimular a musculatura e o fluxo linfático e sanguíneo. Quando associada ao tratamento de drenagem linfática manual, seus efeitos fisiológicos incluem a remoção do congestionamento do líquido linfático que possa reaparecer após a aplicação das técnicas.

Estudos demonstram que a bandagem elástica, especialmente quando aplicada da forma que chamamos de “teia de aranha”, “polvo” ou “leque”, consegue atuar como canais que direcionam o líquido que está no interstício, causando o edema, para o coletor linfático mais próximo. Deste modo, se consegue a redução do edema local, potencializando a drenagem linfática manual e atuando na melhora do retorno linfático por dias naquela região. 

Esta associação pode ser feita também em muitos outros casos, como por exemplo, em gestantes para melhora do retorno linfático comprometido neste período trazendo conforto a nossas futuras mamães e em pós-operatórios também associados à drenagem linfática manual trazendo conforto na dor dos locais edemaciados.

 

Profa. Mestra Paula Cassanelli 

Fisioterapeuta e Esteticista

CREFITO 3 – 74218-F

@paulacassanelli

 

Profa. Mestra Ticiana Carvalho Pereira Escrobat 

Nutricionista e Esteticista

CRN 3 – 17450

@ticiescrobat 

 

Veja Também

Fisioterapia

O uso de ventosas em dores na coluna (Parte II)

A lombalgia é considerada um problema de saúde pública que pode afetar qualquer pessoa. Cerca de 80% das pessoas sofrerão ao menos um episódio de