Bandagem funcional e performance. A ciência aponta os benefícios.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O mundo esportivo foi um dos maiores canais de divulgação do uso de bandagem após diversos atletas do mundo surgirem em competições utilizando fitas coloridas acopladas à pele durante jogos e competições. 

A bandagem é um recurso simples, rápido e acessível que utiliza fitas rígidas ou elásticas aplicadas sobre a pele. Seu objetivo geral é o de criar estímulos mecânicos e proprioceptivos que levem a efeitos terapêuticos. 

A ação do uso de bandagem se embasa no pressuposto de que a colagem da fita poderia tanto levar à estimulação quanto à inibição muscular, ou atuar como um suporte articular.  O uso entre os atletas pode ser realizado antes, durante ou depois do treino ou prova. Vamos entender em quais contextos podemos utilizá-la:

Pré-jogo: a bandagem pode ser útil para não piorar uma lesão ou dor já existente. 

Durante o jogo: atuaria como facilitadora do movimento e para fornecer suporte articular.

Pós-jogo: pode ser útil para atenuar a dor e auxiliar na redução de fadiga, aumento da circulação sanguínea e recuperação muscular. 

A que a Ciência comprova sobre o uso de bandagem:

Estudos confirmam os efeitos da bandagem no maior acoplamento neuro-mecânico em todo o membro ou região em que há a aplicação de bandagem. Além disso, pesquisadores relatam que a bandagem aplicada sobre a pele pode estimular mecanorreceptores cutâneos que aumentam a excitabilidade da unidade motora e provocam um reflexo no fuso muscular, melhorando a ativação e recrutamento neuromuscular. 

Alguns estudos relatam a eficácia da bandagem aplicada em áreas com hematomas e edemas, aumentando o tempo de absorção e reparo tecidual. Em relação a diminuição de algias, pesquisas também relatam que a bandagem se respalda na Teoria das Comportas: a estimulação do tecido e disparo de fibras aferentes de grande diâmetro. 

Em relação aos esportistas e atletas, estudos recentes comprovam que a bandagem pode pode ser um agente ergogênico durante a prática e para a auxiliar a recuperação da fadiga muscular.

A Ciência aponta efeitos positivos do uso das bandagens mas ainda não há um consenso sobre todos esses benefícios. É importante ressaltar que a bandagem é um dos recursos que fisioterapeutas podem utilizar, isso é,  é uma ferramenta para complementar a outras técnicas. Cabe ao profissional de saúde avaliar a biomecânica do movimento esportivo e a exata prescrição do uso de forma de uso de cada bandagem. 

Colaboração:

Dra Renata Luri e Dra Juliana Satake,  Fisioterapeutas Unifesp e Clínica La Posture

Referências:

Bordin, Suelen; Marini, Talinara Cristine; Florianovicz, Vivian Carla; Calegari, Leonardo; Pimentel, Gilnei Lopes.Efeitos agudos da bandagem elástica na atividade muscular / Acute effects of elastic taping on muscle activity. Conscientiae saúde (Impr.) ; 16(3): 335-341, 2017.

 Cipriano, Pâmella; Oliveira, Claudia de.Influência da bandagem elástica kinesio tape e da hidroterapia na dor pélvica posterior e na funcionalidade nas atividades diárias de gestantes / Effect of bandage elastic kinesio tape and hydrotherapy on back pelvic pain and functionality of pregnant daily activities. Fisioter. Bras ; 18(1): f: 02-I: 11, 2017.

Park, Ji-Su; Yoon, Taehyung; Lee, Sang-Hoon; Hwang, Na-Kyung; Lee, Jung-Hoon; Jung, Young-Jin; Lee, Gihyoun.Immediate effects of kinesiology tape on the pain and gait function in older adults with knee osteoarthritis. Medicine (Baltimore) ; 98(45): e17880, 2019.

Sampath, Kesava Kovanur; Mani, Ramakrishnan; Katare, Rajesh; Cotter, James; Tumilty, Steve.Regarding: The acute effects of integrated myofascial techniques on lumbar paraspinal blood flow compared with kinesio-taping: A pilot study. J Bodyw Mov Ther ; 23(2): 229-230, 2019.

Veja Também

Anatomia e Fisiologia

Parte II- A memória muscular

A memória é um processo em que a informação é codificada, armazenada e recuperada.  A memória relacionada a musculatura pode fazer com que em pessoas