Como deve ser a aplicação da Ventosaterapia?

O copo de Ventosa possui uma válvula para adaptação da bomba de vácuo, essa mesma válvula permite o ar interagir e a ventosa se soltar facilmente.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Como deve ser a aplicação da Ventosaterapia?

O copo de Ventosa possui uma válvula para adaptação da bomba de vácuo, essa mesma válvula permite o ar interagir e a ventosa se soltar facilmente.

A ventosa pode ser aplicada em todo o corpo e há 3 tipos de vácuo:

> Fraco: quando sugamos apenas 1 vez a bomba;

> Médio: quando sugamos 2 a 3 vezes a bomba;

> Forte: quando sugamos 3 a 4 vezes a bomba;

Você irá direcionar o tipo do vácuo conforme o seu objetivo da terapia e a sensibilidade do paciente, no curso de Ventosaterapia da Resportes ensinamos quais os cuidados e estratégias você deve seguir para escolher o melhor tipo de vácuo.

O Kit de Ventosa deve conter:

> Conjunto de copos de ventosas e bomba de sucção;

> Creme Neutro;

> Algodão;

> Álcool 70%;

Tempo de Aplicação:

O tempo de permanência das ventosas sobre a pele do paciente variou conforme o referencial consultado. Cinco a dez minutos eram suficientes para se obter os resultados desejados. Esse tempo poderia ser estendido para dez, 15 ou 20 minutos, alertando, no entanto, que a presença de sinais coloridos na pele já indicava a necessidade de retirada das ventosas.

O tempo de permanência poderia ser ainda menor, por apenas três a cinco minutos. As ventosas não deveriam ser colocadas em proeminências ósseas e na coluna vertebral, além das áreas irritadas ou feridas.

Quer aprender como aplicar de forma segura a Ventosa? Inscreva-se na próxima turma do curso de Ventosa da Resportes!

https://www.cursosresportes.com.br/produto/curso-ventosa-sp/

Veja Também

Fisioterapia

O uso de ventosas em dores na coluna (Parte II)

A lombalgia é considerada um problema de saúde pública que pode afetar qualquer pessoa. Cerca de 80% das pessoas sofrerão ao menos um episódio de