Por que a Ventosaterapia deixa marcas na pele?

A confirmação da coloração adequada da ventosa foi trazida pelos médicos Getúlio F. dos Santos e Eugênio de Almeida Magalhães consistindo na inspeção da pele, que deveria apresentar aumento, além de tornar-se dá cor violeta, vermelha ou roxa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Por que a Ventosaterapia deixa marcas na pele?

A confirmação da coloração adequada da ventosa foi trazida pelos médicos Getúlio F. dos Santos e Eugênio de Almeida Magalhães consistindo na inspeção da pele, que deveria apresentar aumento, além de tornar-se dá cor violeta, vermelha ou roxa. No entanto, a ventosa deveria ser retirada se essas colorações surgissem, pois grandes pressões poderiam causar rupturas capilares, ou seja, no momento que a coloração aparecer, deve-se retirar a ventosa.

Cuidados na aplicação da ventosa devem ser observados como o aparecimento de bolhas, situação que deve ser evitada pois é considerada má aplicação pela medicina ocidental, porém, caso aconteça deve-se orientar o paciente aos cuidados com a pele e tratar a bolha no próprio consultório ou clínica, perfurando a bolha e eliminando o líquido.

Utilizar material descartável e esterilizado, como: gaze estéril, agulha esterilizada e soro fisiológico.

Veja Também

Fisioterapia

O uso de ventosas em dores na coluna (Parte II)

A lombalgia é considerada um problema de saúde pública que pode afetar qualquer pessoa. Cerca de 80% das pessoas sofrerão ao menos um episódio de